Fiocruz e Prefeitura irão expandir saneamento ecológico na Praia do Sono

Financiado pela Funasa e fruto da parceria entre Fiocruz e Fórum das Comunidades Tradicionais de Angra dos Reis, Paraty e Ubatuba (FCT), o Observatório de Territórios Sustentáveis e Saudáveis da Bocaina (OTSS) entregou o primeiro módulo de Saneamento Ecológico, na manhã do dia 11 de julho, construído na Escola Municipal Martim de Sá, na comunidade caiçara da Praia do Sono. A elaboração e implantação do projeto foi executada pela equipe técnica do OTSS. O custo da obra foi dividido entre o Observatório (R$32,5 mil) e a Prefeitura de Paraty (R$17 mil). A construção contou com a força de trabalho local.

Preservar é Resistir - Inauguração Módulo Escola Saneamento Ecológico Sono

A inauguração foi uma grande festa. Dezenas de participantes, entre crianças e trabalhadores da escola, moradores da Praia do Sono e autoridades convidadas, visitaram o módulo de saneamento ecológico instalado na escola, assistiram ao vídeo explicativo, deliciaram-se com o café caiçara e presenciaram a cerimônia. Após a execução do hino nacional e do hino de Paraty, seguiram as falas de: Jardson dos Santos, presidente da Associação de Moradores da Praia do Sono; Eliane Tomé, secretária municipal de educação; Vagner Nascimento, coordenador do FCT; Edmundo Gallo, coordenador-geral do OTSS; Valcler Rangel, vice-presidente de ambiente, atenção e promoção da saúde da Fiocruz; e Carlos José Gama Miranda “Casé”, prefeito de Paraty.

Preservar é Resistir - Inauguração Módulo Escola Saneamento Ecológico Sono
Preservar é Resistir - Inauguração Módulo Escola Saneamento Ecológico Sono
Preservar é Resistir - Inauguração Módulo Escola Saneamento Ecológico Sono

Entre os presentes, estavam membros da comunidade caiçara da Praia o Sono, de outras comunidades tradicionais, representantes da Funasa, da Fiocruz, de outras secretarias municipais, do corpo de bombeiros, do Colégio Pedro II (Rio de Janeiro) e vereadores. A mestre de cerimônias fez um agradecimento especial ao vereador Dr. Fernando, por seu empenho na articulação desta parceria entre Fiocruz e Prefeitura de Paraty, com o foco no saneamento ecológico na Praia do Sono.

O tanque de evapotranspiração na Praia do Sono

Localizada na Serra do Mar, em área prioritária para conservação, a comunidade caiçara da Praia do Sono vive ameaçada pela especulação imobiliária e pelo turismo predatório. Para o desenvolvimento da saúde e qualidade de vida, essa comunidade priorizou o tratamento do esgoto. Na construção do saneamento ecológico, a troca de saberes norteou os trabalhos de planejamento e execução da obra. A equipe do OTSS realizou reuniões com os caiçaras, que optaram por este tipo de saneamento ecológico: fossa séptica integrada com fossa verde – o tanque de evapotranspiração.

Esse sistema de saneamento não contamina o solo, ao contrário das fossas sumidouros, que são utilizadas convencionalmente nesse local. O módulo construído na Escola Municipal Martim de Sá consiste em: uma caixa de alvenaria selada (impermeabilizada), onde ocorre a decomposição anaeróbia da matéria orgânica; finalizada com uma camada de terra fértil, onde as plantas absorvem a matéria orgânica incorporando-a à sua biomassa e eliminando a água por evapotranspiração.

Preservar é Resistir - Inauguração Módulo Escola Saneamento Ecológico Sono
Preservar é Resistir - Inauguração Módulo Escola Saneamento Ecológico Sono

Próximos passos

Durante a inauguração, o prefeito de Paraty, Casé, e o vice-presidente de ambiente, atenção e promoção da saúde da Fiocruz, Valcler Rangel, assinaram simbolicamente um termo de cooperação que materializa o compromisso de continuar a parceria para construir outros módulos de saneamento ecológico na comunidade e replicar essa tecnologia social desenvolvida em outras comunidades e nas escolas municipais. A equipe do OTSS espera, nos novos módulos, reduzir o custo da obra e propiciar uma maior apropriação local da tecnologia.

Quer saber mais sobre o Saneamento Ecológico da Praia do Sono? Da o play no vídeo baixo:

Fotos; Eduardo Di Napoli - Comunicação FCT